Histórias e arquétipos

E eu continuo lendo Jornada do Escritor, de Christopher Vogler. O livro me parece um guia pra vida tanto quanto é para roteiros… Mas vai de se acreditar que nossa vida também é uma história, e agora digo que somos heróis de nossas próprias histórias… e tenho certeza de não ser o primeiro a dizer, nem o último.

Vale lembrar daquelas dez lições que tiramos de contos de fadas, que a Jenny Blain listou, em um artigo.

Então aumentamos mais as lições: as estruturas de contos de fadas e mitos se repetem na nossa vida. E isso vem de Joseph Campbell.

O livro é muito inspirado nO Herói de Mil Faces de J.Campbell, que agora está na minha lista para leitura.

E eu também quero ler Jung, explorar mais o reino dos arquétipos, entender melhor como funcionam no Tarot e nos mitos. Existe mesmo um livro Jung e o Tarô, que entra na lista do que eu preciso comprar.

Pensar nisso tudo me lembra do romance fantástico Madru (tentem no link, mas é fácil achar em sebos), que tem 22 capítulos, cada um inspirado num dos arcanos maiores, é uma idéia bem interessante, e eu cheguei a usar, quando escrevi A Tília usando três cartas que tirei do tarot de arcanos maiores que vêm com o livro.

3 comentários para “Histórias e arquétipos”

  1. Clara diz:

    Oi, Cadu!
    Obrigada!
    Lindo seu blog…
    Grande abraço!

  2. Kiim diz:

    Adorei as lições dos contos de fadas, vou começar a apluca-las
    haha

    Nossa, vc é a pessoa mais culta que eu conheço, serião. Eu até sei uma coisa ou outra dos arquétipos, mas sou leigo.
    Boa sorte ai Cadu na sua jornada em escrever seu livro!
    ;*

  3. Zebra Voadora diz:

    será q o senhor poderá me emprestar o Madru?

    será?

    \o

Responda

envie um e-mail

powered by WordPress

Post RSS | Comments RSS