19

Aug 2007

Orkut no more

Acabei de apagar minhas contas do orkut.

Pensei o que ganhei com ele, pensei o que perdi, e no balanço final eu saí perdendo.

Admito que teve muita coisa boa, muito boa, mas não valeu o que eu perdi e ao que me expus. Assim decidi acabar com isso de uma vez.

Eu já entro bem menos no MSN, dos programas de mensagem o único que uso com freqüência é o GTalk, e mesmo assim eu não converso muito e não adiciono gente que não conheço.

Não é um surto de misantropia, é só uma vontade de passar mais tempo sozinho para aproveitar melhor os tempos acompanhados, como sempre foi na minha vida. Eu me deixei seduzir, outrora, por toda essa rede de informações e me afoguei nisso, meus planos estagnaram.

Para a maioria das pessoas não mudou nada. Eu já não usava o orkut muito, eu já me preparava para ‘sumir’ há meses.

Já estou desenhando meu layout, planejando o conteúdo do site… Eu comprei isso para ser o meu pequeno mundo flutuante, meu mundo cibernético. Não preciso de orkut, msn, myspace e todas essas coisas que só tomam tempo e nos fazem esquecer do mundo real lá fora.

Qualquer coisa, é só mandar uma carta, usar o telefone, ou, em último caso, mandar um e-mail.

1 comentário para “Orkut no more”

  1. Nevena diz:

    Nice article. I agree in graneel with the gist of the article – that people should make use of their new conveniences. That is how I can be in touch with my mother at the touch of a button.I also think that the Math teacher also have a point. The multiplication tables which I learnt in grade school does help me when I am in a crowded meeting with a lot of numbers being thrown all around. Skill with numbers is essential when it comes to estimation. By the time the less skilled folks get out their calculators, the person who knows how to calculate can beat them.

Responda

envie um e-mail

powered by WordPress

Post RSS | Comments RSS