10

Dec 2008

Do verão sem fim

O mundo estava quente e pessoas morriam de fome, sede e doenças do calor. Era um verão interminável.

Mas a natureza sabe se adaptar e sobreviver, então nasceu um menino que sabia trazer o frio, ele foi o controle. E por anos o mundo foi novamente um lugar agradável de se viver.

O menino cresceu, se tornou um adolescente, e o adolescente se tornou um homem. E esse homem se sentiu sozinho, o gelo dominou seu coração. Ninguém lhe oferecia o calor do carinho: temiam a volta do verão.

Ele se cansou, gelo por gelo, sozinho entre vivos ou mortos, e congelou o mundo, num inverno sem fim.

1 comentário para “Do verão sem fim”

  1. Aiko diz:

    Bons dias.Acabei de ver no vosso programa que este3o a ofeecrer exemplares.Gostava de saber o que fazer para me candidatar.Deixo tambe9m os parabe9ns a toda a equipa pelo fante1stico programa

Responda

envie um e-mail

powered by WordPress

Post RSS | Comments RSS