26

Mar 2008

Afinal, eu agradeço aos deuses

Ontem eu fui pro MASP ver A Arte do Mito.

Gostei bastante, apesar de todas as obras (esculturas, pinturas, pratos e algumas peças de cerâmica) serem sobre mitologia greco-romana.

De terça-feira é gratuito até 18h, pra quem quiser ir.

Depois eu vi As Crônicas de Spiderwick, dublado, porque era o que tinha pra passar o tempo até encontrar a Dee. Mas valeu, gostei do filme, mas fiquei chateado lá dentro de pensar que um dia eu pude acreditar que poderia escrever uma história dessa temática e estar passando por um momento que escrever um e-mail já é um sacrifício. Criar não anda se repetindo muito na minha agenda…

Mas o dia seguiu como deve seguir, conversei bastante, tomei café, foi legal.

E na hora de ir embora os deuses resolveram brincar comigo, nos três ônibus que eu peguei sentei perto de “pessoas normais” voltando da faculdade, provavelmente. E eu agradeci a todos os deuses, os reais, os imaginários, os pessoais, os universais, todos eles! Eu agradeci aos deuses por não ser normal. Por não ser uma pessoa que acha o livro Oração e Trabalho suuuper interessante pra ler todas as manhãs e achar, mesmo, que ele não tem nada a ver com religião, que não ter paciência com literatura, que só gostar de Freud e auto-ajuda barata, que fala sobre o chefe de 24 anos como se ele fosse uma pessoa sarcástica, cruel, terrível, que adora ver alguém sofrer, uma pessoa que apesar disso pretende que ele pague sua faculdade e passar 12 horas num escritório com as únicas refeições do dia serem o almoço e duas frutas.

Eu agradeci aos deuses por nunca ter passado por isso antes. Eu agradeci aos deuses por acreditar neles. Por acreditar que eles têm mais o que fazer do que ficar pentelhando minha vida ou testando a minha fé.

Porque… gente normal me cansa.

25

Mar 2008

Twitter

De verdade, estou achando divertido.

Instalei o Twitterfox e atualizo e recebo as atualizações no Firefox mesmo. =)

http://twitter.com/cadugarcia

Acompanhe lá, se você tem.

23

Mar 2008

Vinil Verde

Dica do Ramonn:

curta Vinil Verde.

Assistam, é divertido =)

E ele está me passando a música agora.

23

Mar 2008

Ice Squirrel – Layout novo

Prontinho.

No ar. =)

Agora eu parto pra estudar como colocar o meu portfólio no motor WordPress e reformular o meu blog.

21

Mar 2008

São os projetos

Depois de cinco anos tentando é o momento de admitir: equinócios de outono são péssimas épocas pra começar/inaugurar qualquer projeto. Simplesmente não dá certo.

O projeto VentoGelado não vai funcionar agora, é claro. E eu encontrei um mini-site que fiz em flash (eu nem lembrava que um dia soube flash) cinco anos atrás que eu colocaria no ar em 20 de março de 2003, deu tanto certo que eu até esqueci a tecnologia. E eu lembrei de outro que eu estava desenvolvendo pra mesma data de 2007 e perdi todos os arquivos. E um blog em 2006 que eu esqueci a senha…

Fiz invertido agora. Em vez de terminar e divulgar o projeto em 20 de março, tentei começar tudo.

Ontem comecei, finalmente, a desenvolver o novo tema do meu blog =)

Já está quase pronto, em testes. Será o layout do blog e de todo meu site, que vou passar pro motor WordPress. Mas eu estou fazendo com tecnologia do WordPress 2.5, que ainda não foi lançado, mas provavelmente seja antes que eu termine.

Por enquanto só um pouco do novo layout: eu dei o nome de Ice Squirrel.

Desenhei em Fireworks, usei uma paleta do Kuler e eu gostei.

16

Mar 2008

Adorei este clipe


Quem fez?
O mesmo que fez as animações (que eu adoro) do Bitey Castle!

15

Mar 2008

NetMovies

Por indicação do Giu assinei o NetMovies, uma locadora virtual que entrega e busca os DVDs alugados, não cobra multa nem dá prazos pra devolver, com a condição que você fique com um ou dois dvds (depende do plano) de cada vez.

Assinei por um DVD por dia, 28 reais.

Gostei do serviço deles, já vi dois filmes: As Brumas de Avalon e Ultravileta, que estavam na minha fila há um bom tempo, mas eu não via por preguiça ou falta de tempo de buscar na locadora.

Fica a dica.

14

Mar 2008

The Ghost of Corporate Future

a man walks out of his apartment
it is raining, he’s got no umbrella
he starts running beneath the awnings
trying to save his suit
trying to dry but no good

when he gets to the crowded subway platform
he takes off both of his shoes
he steps right into somebody’s fat loogie
and everyone who sees him says, ewww

but he doesn’t care cause last night he got a visit from
the ghost of corporate future
the ghost said, take off both your shoes
whatever chances you get
especially when they’re wet
he also said,

imagine you go away
on a business trip one day
and when you come back home
your children have grown and you never made your wife moan, and

people make you nervous
you think of the world as ending
and everybody’s features have somehow started blending
and everything is plastic
and everyone’s sarcastic
and all your food is frozen, it needs to be defrosted
you’d think that the world was ending right now

well, maybe you should just drink a lot less coffee
and never ever watch the ten o’clock news
maybe you should kiss someone nice
or lick a rock, or both

maybe you should cut your own hair
cause that can be so funny
it doesn’t cost any money
and it always grows back, hair grows even after you’re dead, and

people are just people
they shouldn’t make you nervous
the world is everlasting, it’s coming and it’s going
if you don’t toss your plastic
the street won’t be [so blasted?]
and if you kiss somebody then both of you’ll get practice
the world is everlasting
put dirtballs in your pocket
put dirtballs in your pocket and take off both your shoes
cause people are just people
people are just people like you

the world is everlasting
is coming and is going

12

Mar 2008

Vidro de rascunho

Hoje eu peguei uma revista de bolso nO Santo Sanduíche, no Brooklin, (e o lanche é ótimo) e vi um artigo de uma agência com divisórias de vidro, e usam as divisórias pra escrever, deixar recados, usar em reuniões, brincadeiras e o que mais imaginarem. Usam canetinha  hidrográfica que é fácil de limpar.

Adotei a idéia, mas em versão menor:

Cortei o plástico que  protegia o monitor na embalagem e coloquei no lugar do vidro de uma moldura que desmanchei, agora ele está na minha mesa cheio de rabiscos de idéias pro meu portfólio (voltei com a idéia, e vou pesquisar, fazer bonitinho, sem pressa, desta vez).

Economizo papel agora, faço menos lixo.

envie um e-mail

powered by WordPress

Post RSS | Comments RSS